DESTACADO

Os orangotangos estão em perigo e aqui está como podes ajudar

Os orangotangos de Sumatra estão em perigo e a floresta que é a sua casa está a ser destruída.

Esta nova campanha da caridade de conservação Sumatran Orangutan Society (SOS), e apoiada pela Lush, está a trabalhar para arrecadar fundos com o objetivo de comprar 50 hectares de plantação de palma em Bukit Mas, Sumatra. Reflorestar esta área vai dar espaço aos orangotangos para viver, e tudo começa com o dinheiro angariado com o Sabonete Orangotango.

Esta campanha é lançada na Black Friday de 2017 [24/11/17]- aqui estão todas as respostas às tuas questões.

A quem vão ser doados os fundos para a compra do terreno?

A Sumatran Orangutan Society (SOS) é uma caridade de conservação com base no Reino Unido com foco em desenvolver e financiar projetos de linha da frente sobre orangotangos e proteção da floresta húmida, bem como campanhas internacionais que visam as ameaças a esta espécie e ao seu habitat. A organização-irmã em Sumatra, Orangutan Information Centre (OIC), uma ONG Indonésia, tem por objetivo proteger os orangotangos de Sumatra e o seu habitat. Os fundos desta campanha vão ser enviados para a OIC de modo a assegurar o terreno em seu nome.

Porque razão é o Ecossistema Leuser tão importante?

O Ecossistema Leuser compreende uma área de 950 mil hectares de floresta primitiva no norte de Sumatra. Esta é a casa de vários ecossistemas diferentes, incluindo prados alpinos, piscinas minerais, planícies de floresta sempre-verde, rios e lagos de água doce – bem como turfeiras, importantes ecossistemas para a captura e armazenamento de carbono.

Existem, no momento, mais de quatro mil espécies de plantas dentro do ecossistema Leuser, bem como 380 espécies de aves, 50 das quais endémicas. 65% das espécies animais que vivem em Sumatra estão inseridas no Ecossistema Leuser. É o único local do mundo onde coexistem orangotangos, tigres, elefantes e rinocerontes, estando todos seriamente ameaçados.

Quais as principais ameaças ao Ecossistema Leuser?

A agricultura convencional é a principal ameaça à floresta primitiva. Isto inclui as vastas plantações de palma que estão a invadir as fronteiras da floresta, mas também cultivos de menor escala de cacau, palma, laranjeiras, etc. Em anos recentes, as maiores ameaças são as centrais de hidroelétricas e geotérmicas, que requerem grandes áreas de floresta para a produção de energia.

Porque razão considera a SOS que é tão importante assegurar esta plantação de palma e transformá-la de novo em floresta?

Os 50 hectares desta antiga plantação de palma ficam em Bukit Mas, mesmo no limiar da floresta primitiva. A SOS acredita na importância de usar os 50 hectares como zona amortecedora para que seja mais difícil de invadir a floresta. Também significa que esta área, agora sem qualquer vida selvagem, irá proporcionar um habitat rico em biodiversidade a muitas espécies ameaçadas. A terra vai ser devolvida à natureza.

Qual é o processo de reflorestação?

As árvores de óleo de palma vão ser retiradas e substituídas por 20 a 30 espécies indígenas deste clima. Assim que se comecem a estabelecer, vão dar sombra a outras espécies de plantas para que possam crescer. Ao plantar estas espécies que são mais habitáveis para aves e mamíferos, os mesmos vão começar a migrar para esta área, indo depois ajudar na dispersão de sementes. Com o tempo, este terreno irá transformar-se numa floresta rica em biodiversidade.

Qual o propósito desta campanha?

  • Dar um exemplo de mudança positiva – devolver uma plantação à natureza, tal como aos orangotangos.

  • É uma forma de relembrar a importância da captura e armazenamento de carbono nas alterações climáticas – proteger a floresta húmida é chave para o mesmo.

  • Consciencialização sobre a fragmentação de importantes ecossistemas, fruto do estilo de agricultura de plantação.

  • Sublinhar a complexidade das questões que rodeiam o óleo de palma.

  • Uma forma de lembrar a exploração e marginalização que advém das grandes plantações quanto às tribos indígenas e vida selvagem.

Já não consegui comprar um sabonete, de que outra forma me posso juntar a esta campanha?

Para apoiar os orangotangos de Sumatra e ajudar a proteger a floresta húmida, junta-te à conversa usando a hashtag #SOSsumatra e junta-te também à Sumatran Orangutan Society: https://www.orangutans-sos.org/join/

Comentários (0)
0 Comentários
Conteúdo relacionado (1)

Produtos relacionados

1 artigo
Quando acabar, acabou
Orangutango é um sabonete cítrico com base livre de óleo de palma
Sabonete
Últimas unidades
9,50 €
160g