Envio grátis a partir de 50€* | Envios para as ilhas desde 9,70€ | Mais info

DESTACADO

Sabonete P&R | Daniel Campbell, Inventor de Produtos / Cientista de Cosmética

Daniel Campbell é um dos nossos Inventores de produto, e graças ao seu conhecimento na ciência da cosmética, ele é a pessoa ideal para dar-nos respostas atualizadas sobre tudo o que engloba sabonetes.

De que forma trabalha um sabonete para nos manter limpos?

O sabonete é uma mistura de óleo reativo com hidróxido de sódio para formar um estearato (Sal de sódio, também conhecido com sabonete), que é um material alcalino. A base standard de um sabonete Lush é o óleo de colza e coco – estes dois óleos misturam-se com o hidróxido de sódio para formar uma base de sabonete em flocos. Quando se derretem os flocos com monopropileno glicol (MPG) ou glicerina, sorbitol ou outros tipos de xarope, adicionamos frutas, infusões, água, fragrância e cor, despejamos em moldes, refrigeramos e está feito.

Em termos de como funciona uma a limpeza, o sabonete destrói a integridade das bactérias, membranas celulares Amoeba e paredes celulares de fungos. Imagina-os como pequenos discos de gelatina, com uma camada exterior que é a sua parede, sendo esta feita de óleo. O componente do sabonete que gosta de óleos agarra-se ao óleo daquela parede, desfazendo-a ao formar uma emulsão com a água com que tu lavas as mãos, destruindo assim as bactérias, Amoeba ou fungos.

TLDR: As bases dos nossos sabonetes são especificamente formuladas para assegurar de que destroem quaisquer bactérias, vírus ou fungos indesejados da tua pele. Para que te mantenhas limpo e fresco!
 

Sabonete em barra VS higienizador de mãos?

Ambos são eficazes por diferentes razões.

Primeiro, é importante compreender a diferença entre bactérias, que são um organismo celular singular, e um vírus, que é um parasita intracelular que consiste em ADN/ARN, encapsulado numa cobertura de proteína, o que faz dele mais robusto que bactérias. Yikes!

Os higienizadores de mãos são soluções à base de álcool de fricção ou de álcool isopropílico e, por isso, estes perturbam as membranas celulares e dificultam a procriação de bactérias. No caso de viroses (como o coronavírus), o álcool de fricção vai ajudar na degradação da camada de proteína do vírus. O que significa que o AND/ARN dentro tem grande probabilidade de se degradar e reduzir a força patogénica do vírus. 

Os sabonetes físicos e sólidos (ao contrário dos higienizadores de mãos), não só são altamente alcalinos, degradando membranas celulares bacterianas e paredes celulares de fundos, como também a sua alcalinidade cria um ambiente bioquímico hostil para microorganismos. Com os vírus, a fisicalidade de um sabonete, juntamente com a forma como é utilizado, assegura que este não se mantém nas tuas mãos (o sabonete “repela” o vírus) reduzindo assim o risco de transferência por via de contacto, sendo que o higienizador de mãos não tem este benefício.

Em resumo - o higienizador de mãos por si só não é tão bom como o sabonete por si só - mas juntos fazem uma parceria realmente poderosa!

 

Os sabonetes são antibacterianos?

Sim, são. É importante compreender a diferença entre o que é antibacteriano ( mata bactérias e é antiviral), o que mata viroses e o que é antimicrobial (capaz de matar viroses, bactérias e fungos).

Imagina pequenos discos de gelatina, como uma camada exterior que é uma parede de óleo (também conhecidos como bactérias, membranas celulares Amoeba e paredes celulares de fungos). Quando aplicado, o sabonete destrói a integridade das paredes, pois a parte do sabonete que gosta de óleos, agarra-se a ele. Este degrada e desfaz ao formar uma emulsão na água com que tu lavas as mãos, destruindo assim as bactérias, Amoeba ou fungos.

Não se espera que o sabonete normal mate viroses, pois o vírus não é uma célula com membrana celular. Mas sim um parasita intracelular, que tem que infectar uma célula ou células hospedeiras. O vírus precisa de entrar em algo. Os vírus tanto têm ADN como ARN encapsulado no seu revestimento de proteína, e algumas viroses conseguem persistir em vilosidades, até mesmo em superfícies secas por semanas ou mais. Com viroses, o sabão ajudará a perturbar as partículas virais e ajudará a lavar os vírus das mãos. 

Uma autêntica loucura: O sabonete É antibacteriano, MAS O COVID-19 é um vírus, e não uma bactéria.
Mas É na mesma importante lavar e a pele de bactérias e fungos.
 

De que são feitos os sabonetes Lush?

O sabonete é uma mistura de óleo reativo com hidróxido de sódio para formar um estearato (Sal de sódio, também conhecido com sabonete), que é um material alcalino. A base standard de um sabonete Lush é o óleo de colza e coco – estes dois óleos misturam-se com o hidróxido de sódio para formar uma base de sabonete em flocos. Quando se derretem os flocos com monopropileno glicol (MPG) ou glicerina, sorbitol ou outros tipos de xarope, adicionamos frutas, infusões, água, fragrância e cor, despejamos em moldes, refrigeramos e está feito. Dependendo dos ingredientes frescos, infusões ou óleos essenciais que adicionamos, podemos criar desde o Outback Mate, repleto de mentol divino, ao sonho cremoso de rosas em forma de sabonete gourmet Ro’s Argan

Nós usamos o método de derreter e verter, o que nos permite obter ingredientes mais eficazes e benéficos para a pele nos nossos sabonetes, em comparação com uma barra de sabonete triturado. 

Se nós apenas criássemos uma reação do óleo de colza e coco com hidróxido de sódio e fizéssemos um sabonete prensado ou triturado, (o chamado sabonete quente), não teríamos a oportunidade de juntar quaisquer ingredientes adicionais (incluindo naturais) como o mel (que é um antibacteriano natural) ou sal marinho (outro antibacteriano natural), pois a força do hidróxido de sódio iria destruí-los. Em vez disso, criamos a base do sabonete primeiro, derretemos e adicionamos ingredientes naturais frescos (pelos quais somos conhecidos) e depois vertemos em moldes, refrigeramos, estabilizamos, cortamos e enviamos para a lojas. E trabalho feito!

 

Os sabonetes Lush contêm óleo de Palma?

Todos os sabonetes Lush de mãos e corpo são livres de óleo de palma. Quando usamos estearato de sódio (Sal de Sódio), usamos uma versão sem palma. Podes ler mais sobre nossas bases de sabonete livres de óleo de palma, aqui.

(Nota: o sabonete de rosto Fresh Farmacy é o único sabonete Lush com óleo de Palma – pois este contém Lauriléter Sulfato de Sódio) 

 

Como são feitos os sabonetes Lush?        

Na Lush, ou usamos uma base de sabonete comprada a um fornecedor feita a partir da combinação de óleo de colza, para uma sensação gentil e cremosa, e óleo de coco, que faz os sabonetes criar espuma. Usamos também uma base de sabonete feita na nossa fábrica que nos permite utilizar os óleos que queremos: estas bases são referidas como bases de sabonete gourmet. Para estes usamos puro óleo de argão (usado no sabonete Ro’s Argan) e puro azeite (usado no sabonete Olive Tree), ou a super mistura de manteiga de cacau, óleo de rícino e óleo de coco, a quem chamamos de “base de sabonete universal”, que confere uma consistência firme e cremosa que faz espuma eficazmente. Também já experimentamos com óleo de girassol e óleo de gérmen de trigo. 

Qualquer que seja a base que escolhamos, misturamos depois um humectante (um substância que ajuda a reter água e a manter a hidratação na pele), que pode ser tanto MPG, como glicerina ou uma solução de sorbitol, ou uma combinação deles, com água, ingredientes naturais que beneficiam a nossa pele, fragrância e cor. Tudo isto é aquecido junto, até ficarmos com um líquido que vertemos em moldes para estabilizar, cortamos e enviamos para as lojas.

Espreita como fazemos o nosso sabonete Ro’s Argan, aqui.
Curiosidade sobre como fazemos os nossos sabonetes? Espreita aqui.

 

Quanto dura uma barra de sabonete Lush? 

Tudo depende da quantidade que usas e com que frequência. O facto dos nossos sabonetes serem um pouco mais humectantes e terem mais quantidade de água faz com que se gastem mais depressa que um sabonete triturado, mas por isso é que é fresco e feito à mão. Na Lush, queremos que as pessoas usem os seus produtos frescos rapidamente para que a pele usufrua dos melhores benefícios. 

Em estimativa, 100g deveram durar até 6 semanas, quando usado regularmente na casa de banho.  

Mantém debaixo de olho todos os nossos sabonetes, aqui.

 

Existe alguma forma mais correta para lavar as mãos?

Sim, existe mesmo! Certifica-te que utilizas sabonete, ensaboas vigorosamente e utilizas água quente. Durante pelo menos 20 segundos, nem que tenhas que cantar, nós não nos importamos.

 

Como podemos prevenir mãos secas?

Existem duas formas de reduzir a secura das mãos que são lavadas muitas vezes – primeiro, utiliza sabonete com grande conteúdo de humectantes, como o Honey I Washed The Kids, que contém muito mel, ou sabonetes com grandes quantidades de glicerina ou xarope de agave. Um dos benefícios do sabonete da Lush é que assim que ensaboas, estes limpam as tuas mãos, mas devido à suas qualidades humectantes, mantém também a hidratação da tua pele.

E segundo, usa creme de mãos! Após lavares as mãos e secares, aplica creme de mãos (mas não em demasia!), esfrega entre as mãos para de certificares que absorve antes de tocares no que quer que seja.

 

Quais os benefícios de um sabonete Lush?

Nós conseguimos pensar em um ou dois...

São livres de palma.
São autoconservados, o que significa que os produtos se autoconservam, dispensado a necessidade de conservantes sintéticos.
São antibacterianos, e vão desalojar viroses das tuas mãos.
São sólidos e livres de embalagem, o que significa que não precisam de embalagem em excesso.
Têm um alto teor de humectantes e ingredientes naturais, o que faz deles ricos em benefícios para a pele.
Nunca são testados em animais, cheiram super bem e são super divertidos de usar!

Por isso, que mais poderias desejar?

 

Comentários (0)
0 Comentários