DESTACADO

O glossário da auto-conservação

Termos científicos tornados simples

Ácido: Ter um pH abaixo de 7 (O sumo de limão e o vinagre são ácidos).

Alcalino: Ter um pH acima de 7 (A lixívia e o fermento são alcalinos).

Antibacteriano: Uma substância que limita ou previne o crescimento das bactérias e impede a sua profileração.

Antifúngico: Uma substância que limita ou previne o crescimento de leveduras e outros fungos.

Antimicrobiana: Uma substância que limita ou previne o crescimento de microorganismos.

Bactérias: Parte de um grupo de microorganismos com parede celular e que podem causar doenças. As bactérias são também parcialmente responsáveis pela decomposição, juntamente com os fungos.

Álcool Benzílico: Uma substância aromática que tem propriedades conservantes.

Químico: Uma substância ou composto que pode ser purificado ou artificialmente criado.

Conservante químico: Uma susbtância artificial que prolonga a validade de um produto através de ação antimicrobiana.

Agente purificante: Um ingrediente usado para remover sujidade de uma superfície, dentro do contexto de cosméticos, pele ou cabelo.

Dispersão: Uma mistura na qual as partículas de uma substância são espalhadas através de outra.

Ecossistema: O conjunto formado por uma comunidade complexa de organismos interativos e o seu ambiente físico.

Emulsão: Um tipo de dispersão na qual gotas diminutas de dois líquidos são quimicamente ligadas, por exemplo uma mistura de óleo e água (tal como a maionese).

Água livre: Água que está quimicamente disponível para os microorganismos.

Cadeia Alimentar: Uma série de organismos num determinado habitat, interligados pelos seus hábitos alimentares, o mais pequeno sendo consumido pelo maior.

Formaldeído: Um químico incolor e de odor forte que é usado como conservante.

Fórmula: A receita de um produto.

Humectante: Uma susbtância que tanto atrai como retém a hidratação.

Metilisotiazolinona: Uma substância antimicrobiana usada para conservar cosméticos.

Metilparabeno: Um dos dois parabenos que a Lush usa para conservar cosméticos. O metilparabeno é solúvel em água.

Microflora: A comunidade de microorganismos, incluindo algas, fungos, e bactérias, que vivem dentro ou à superfície de outro ser vivo ou num determinado habitat.

Micróbio/Microorganismo: Um pequeno organismo unicelular que apenas visível através de microscópio.

Conservante natural: Ingredientes encontrados na natureza que ajudam a manter um produto fresco por mais tempo.

Parabeno: Um químico sintético conservante usado para manter produtos ou alimentos frescos.

pH: Uma escala para indicar a acidez ou alcalinidade de uma solução. 0 é o valor mais ácido, 7 neutro e 14 é o mais alcalino.

Propilparabeno: Um dos dois parabenos que a Lush usa para conservar cosméticos. O propilparabeno é solúvel em óleo.

Conservante: Uma substância que é adicionada aos alimentos e outros produtos para os manter frescos por mais tempo.

Sintético Seguro: Uma substancia artificial considerada segura para uso pelas autoridades competentes, como a Food And Drugs Administration (FDA) dos EUA.

Auto-conservado: Uma fórmula que é habilmente equilibrada e usa conservantes naturais para se manter limpa e segura.

Surfactante: Uma substância parcialmente solúvel em água e óleo que consegue remover a sujidade com base de óleo do nosso cabelo e pele, reduzindo para tal a tensão superficial de um líquido e permitindo que faça espuma.

Sintético: Uma substância artificial.

Actividade aquática: O nível de energia da água que não está quimicamente ligada dentro de um produto.

Conteúdo de água: A quantidade de água numa substância.

Fenoxietanol/2-fenoxietanol: Um conservante sintético que a Lush usa para ajudar os produtos a manteram-se frescos por mais tempo.

Viscoso: Uma susbtância espessa e pegajosa entre o estado sólido e o líquido.

Comentários (0)
0 Comentários